Adoçantes e Seus Malefícios

Adoçantes e Seus Malefícios Os adoçantes e seus malefícios. Algumas pessoas acabam fazendo essa troca para terem uma alimentação melhor. Porém acabam se enganando e ao invés de fugirem dos malefícios do açúcar, caem numa armadilha. Que terá como consequência o aumento de peso, por exemplo.

 
Já os problemas que os diabéticos podem sofrer, são maiores ainda. A escolha do adoçante é muito importante para este grupo, pois eles requer cuidados especiais quando a esse consumo. Por causa das complicações que podem ser acarretadas pela doenças. Portanto, para saber mais é indispensável passar por um especialista.

 

 

Os Adoçantes Depende de Cada Um

Se a dieta for balanceada. E saudável, é possível que os adoçantes tragam bons resultados para a saúde, inclusive pode auxiliar. Contra algumas doenças, como o diabetes e a obesidade. Porém esses benefícios vão depender das escolhas que forem feitas. O pior de todos os adoçantes, é o tipo aspartame, pois ele é considerado uma neurotoxina. Ou seja, uma droga que destrói o sistema nervoso e cérebro, porque provoca a sua excitabilidade. Conta a nutricionista Patrícia Davidson.

 

 

Como Usar?

Adoçantes são liberados. Para o consumo dos diabéticos, entretanto, se faz necessária uma avaliação do estado geral do indivíduo. Uma vez que podem apresentar outras doenças. A indicação de consumo diário é expressa em miligramas (mg) por peso (Kg) recomenda a troca periodicamente o tipo de adoçante. Alguns são acumulados no organismo se consumidos de forma crônica. O ideal é sempre variar, e tentar escolher os extraídos de vegetais, como estévia e sucralose. Além disso, ler sempre os rótulos dos produtos, também pode fazer grande diferença.

 

 

Troca Duvidosa!

Você é daqueles que substitui o açúcar. Por adoçantes e jura que está bem na fita? Uma pesquisa realizada na Universidade de Charles Perkins, em Sydney. Comprovou que substituir açúcar por adoçante, também não é uma boa escolha. Durante o estudo, foi provado que o adoçante pode ter o efeito contrário ao esperado. Ele não dá a sensação de saciedade fazendo com que o cérebro sinta a necessidade de comer mais. Ao consumir-lo a pessoa não obtém a quantidade necessária de calorias, para supri-las e acaba comendo em maior quantidade.

 

 

Líder de Indicação

O estévia costuma ser mais indicado. Pelos especialistas, por causa da sua origem natural.
Ele é composto pelo esteviosídeo, extraído de uma planta nativa da América do Sul (Estévia rebaudiana). Por isso é considerado um adoçante natural. Além disso, tem um sabor similar ao açúcar, não possui calorias e não altera os níveis de açúcar no sangue. outro benefício é que essa planta é fonte de diversas vitaminas e minerais, como cálcio, magnésio, selênio e zinco. E ainda vitamina K e C. Também apresenta propriedades diuréticas, fortalece o sistema imunológico e traz energia física e mental.

 

 

Preste Atenção

O diabético deve estar atento. A composição dos alimentos de forma geral, mas principalmente em produtos industrializados. Com os quais não está familiarizado explica a endocrinologista Ana Paula Xavier. A presença de altos teores de açúcar e também de altos teores de gorduras promovem impacto no controle glicêmico.
Além disso, deve se ficar atento ao sódio dos alimentos e na quantidade de carboidratos.

 

Tipos de adoçantes

1- Sucralose. O adoçante vem da cana de açúcar.
2 – Estévia. Entre os adoçantes, esse tipo é considerando natural.
3 – Açúcar Mascavo. Concentra mais nutrientes que os que os tipos refinados.
4 – Mel. O ideal é não consumi-lo de jeito algum de jeito algum. Ele contém alguns tipos de açúcares que são absorvidos rapidamente, elevando de forma brusca a glicemia.

 

 

Um mal Chamado Aspartame

Conheça 4 malefícios. que esse adoçante pode trazer para a saúde.
1 – Embora seja um aliado do emagrecimento, quando consumido em grande porções, pode favorecer a obesidade. E ainda é possível que cause náuseas.
2 – Ele pode gerar irritabilidade e alergia na pele. além de espasmos musculares,
3 – Outros possível problema é a taquicardia, ou seja, uma frequência cardíaca alta ou irregular.
4 – Em exagero, pode causar dores de cabeça e enxaqueca.

E-book Cardápio Liberado Para Diabéticos? Insira Seu E-mail e Comece a Baixar Hoje mesmo o e-Book

Emerson Fittpaldi

Olá eu me chamo Emerson sou criador do blog. Diabetes Mellitus e Alimentos. E criei esse Blog pra fala sobre. Tipos de Diabetes, Sintomas, Tratamentos, Complicações, é Alimentos que previne a doença.

Website: https://www.diabetesmellitusealimentos.com.br/

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *