Diabetes Neuropatia

Diabetes Neuropatia
Avalie esta postagem

Diabetes Neuropatia

O diabetes neuropatia pode provocar danos nos nervos. Principalmente nas extremidades do corpo, como pés e mãos. Essa complicação, conhecida como neuropatia diabética, tem como característica o adormecimento e até dor nas mãos, pés ou pernas.

 
Além de afeta as extremidades do corpo, a diabetes neuropatia ou seja neuropatia diabética. Pode afetar alguns órgãos internos, como o trato digestivo, coração e órgão sexuais. Causando indigestão, diarreia ou constipação, vertigem, infecções na bexiga e impotência. Em casos mais severos, a diabetes neuropatia pode provocar a sensação de queimação no estômago, perda de peso e até depressão. Um dos maiores problemas provocados pela diabetes neuropatia. É a perda da sensibilidade dos pés e mãos, a tal ponto que o paciente deixa de sentir calor, frio ou dor. Em casos mais severos, a diabetes neuropatia pode provocar. A sensação de queimação no estômago perda de peso e até depressão.

 

 

Quando isso ocorre o paciente.

Pode por exemplo, machucar os pés e não perceber. de imediato, aumentando o risco de infecção, deformidades e até de amputação. A diabetes neuropatia também pode provocar sensação de queimação. Na sola dos pés, principalmente a noite, formigamento nas extremidades e cãibras nas pernas. Assim como as demais complicações do diabetes. A diabetes neuropatia só pode ser prevenida pelo controle da glicemia.
Entretanto quando os sintomas estão muito intensos. O médico poderá prescrever alguma medicação. Com drogas específicas, entre elas a carbamazepina, a amitriptilina e a gabapentina.

 

 

Sintomas neurológicos

O diabetes neuropatia afeta o sistema nervoso. Produzindo as chamadas neuropatia. Um dos sintomas característicos da diabetes neuropatia são as neurites agudas, que são paralisia parcial dos nervos da face e dos membros inferiores. Outra forma de neuropatia associada aos sintomas neurológicos do diabetes diz respeito as extremidades do corpo, principalmente os pés. Os diabéticos tendem a sofre de uma neurite crônica. Que afeta a planta dos pés, reduzindo sua sensibilidades e dando origem a formação de úlceras que expele um odor característico. A sensibilidade dos pés também fica bastante reduzida e a pessoa, em geral. percebe isso ao usar um calçado, por exemplo, pois não consegue senti lo. Outro efeito decorrente desta diabetes neuropatia. É o surgimento de sensação de alterações brusca de temperatura nos pés e nas pernas, com sensação de muito frio ou calor intenso principalmente a noite.

 

 

O diabetes neuropatia.

Também pode desencadear outros tipos de complicações nos pés, como pé de atleta uma infecção causada por fungo calos e úlceras. Que podem ser superficiais ou profundas, atingindo músculos e ossos. A prevenção e o cuidado diário com os pés.

 

 

 

A avaliação diária

Veja os sinais que merecem atenção. Durante o exame diário e lembre se de que pacientes. Que já tiveram ulceração nos pés que têm a doença há mais de 10 anos e que têm a visão comprometida. Por causa da doença, com sintomas neuropáticos ou claudicação, estão mais suscetíveis a problemas.

 

 

Observe a presença de:

. Pele seca
. Ausência de pelos
. Unhas encravadas ou pontiagudas
. Maceração interdigital
. Ulceração
. Falta de sensibilidade em uma ou mais áreas
. Ausência de pulsação
. Mobilidade reduzida
. Calosidades, dedos de martelo ou em garra.

Dicas para reduzir os riscos de problemas nos pés

. Não fume, pois o cigarro agrava problemas vasculares e cardíacos e reduz a qualidade da circulação nos pés.
. Evite atividades que possam lesionar os pés, como andar descalço.
. Mantenha os pés secos e limpos.
Aplique loção hidratante para evitar o ressecamento e as rachaduras da pele.
. Apare sempre as unhas dos pés com corte reto, em seguida use a lixa para eliminar pontos salientes.
Nunca corte os cantos das unhas, evitando que elas encravem (nesse caso, procure um podólogo).
. Não tire as cutículas e não estoure bolhas nos pés.
. Escolha meias e sapatos com cuidados.
Prefira meias de algodão e sapatos confortáveis.
. Troque de sapato todos os dias e não use o mesmo sapato mais de um dia seguido.
. Use sapatos novos aos poucos, para evitar as bolhas.
. Compre sapatos somente no período da tarde ou noite, já que neste horário os pés ficam inchados.
. Realize a higiene dos pés diariamente com sabonete neutro e água morna, secando os bem, principalmente os dedos.
. peça ao médico para examinar seus pés e avise se tiver notado alguma alteração.
. Avalie os pés diariamente e verifique se não estão com sapatos, pois isso evita a formação de bolhas, calosidades ou outras lesões.

"E-Book" Receitas Que Levam o Abacate Como Um Importante Aliado Dos Diabético!

Emerson Fittpaldi

Olá eu me chamo Emerson sou criador do blog. Diabetes Mellitus e Alimentos. E criei esse Blog pra fala sobre. Tipos de Diabetes, Sintomas, Tratamentos, Complicações, é Alimentos que previne a doença.

Website: https://www.diabetesmellitusealimentos.com.br/

    1 Comentário

    1. Rosalio Candido

      Muito Interessante esse artigo amigo Emerson

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *