Mães Diabéticas Cuidados Extras

Mães Diabéticas Cuidados Extras
Avalie esta postagem

Mães Diabéticas Cuidados Extras: Os cuidados extras para que a doença não interfira na saúde da gestante e do bebé. Gravidez é um período em que o corpo da mulher passa por muitas mudanças e, por isso, exige cuidados.

 
Se somado a isso a gestante for diabética ou vir a desenvolver o diabetes gestacional, a atenção deve ser ainda maior. DESDE SEMPRE: A mulher que já é diabética, seja do tipo 1 ou tipo 2, não enfrenta dificuldades em engravidar. E claro que o ginecologista deve saber desde o momento em que se decide ter um filho sobre essa situação da saúde. Porém, não é preciso fazer tratamento especiais para a fecundação. E fundamental, contudo, que a mulher tenha uma gravidez programada, com acompanhamento médico.

 

 

Mães Diabéticas

O especialista avaliará o controle glicêmico. E as possíveis consequências que o diabetes possa ter causado e que podem piorar na gestação. Como danos nos rins ou na retina. A glicemia precisa estar o mais próximo do normal para que o período seja saudável. A programação também é capaz de evitar que haja malformação no feto, já que, em mães diabéticas, elas acontecem. Nas oito primeiras semanas de gestação, quando, muitas vezes, a mulher não saber que está gravida. Além disso, quando maior o controle glicêmico, menores os riscos da criança desenvolver diabetes.

 

 

Mães Diabéticas

Durante a gestação, a gravida diabética. Também precisa de cuidados extras, pois pode apresentar complicações que normalmente não ocorrem na mulher. Sem diabetes. O controle adequado da glicemia na gravidez é importante para que se evite complicações. Tanto para a mãe quanto para o feto, avisa a endocrinologista Carolina Alves Cabizuca. O ideal e ter um acompanhamento multidisciplinar, com endocrinologista, obstetra e nutricionista. Os medicamentos anteriormente usados para o diabetes podem ser modificados. Na verdade, temos que usar o melhor medicamento que se adeque a mulher quando a mesma se encontra gestante. E nesse caso, a medicação mais usada, quando necessária, e a insulina, destaca o ginecologista Augusto Bussab.

 

 

Mães Diabéticas

DIABETES GESTACIONAL: Há, ainda o diabetes que se desenvolver somente nos meses de gestação, chamado de diabetes gestacional. Este caso não deve ser confundido com os outros tipos de diabetes, pois tem como características o aumento. De glicose no sangue diagnosticado pela primeira vez na gravidez, podendo persistir ou não após o parto. Ocorre em aproximadamente 7% das gestantes, sendo mais comum em alguns grupos éticos, como negros. E hispânicos, explica a endocrinologista. Para detectar o problema, é necessário medir a glicemia em jejum logo na primeira consulta pré natal. Uma vez confirmado o diagnóstico, o tratamento se inicia com orientação alimentar e da prática de atividade física. Que permite ganho de peso adequado.

 

 

Mães Diabéticas

E importante lembra que o diabetes gestacional. Não é uma indicação de cesariana, completa a especialista.
Os principais fatores de risco para o desenvolvimento de diabetes durante a gestação são histórico. De diabetes gestacional parentes de 1º grau com diabetes, histórico de morte fetal ou nos primeiros dias de vida. Abortos de repetição, idade acima de 25 anos, histórico de recém-nascido com mais de 4Kg em gestação prévias. Hipertensão arterial, obesidade ou ganho excessivo de peso na gravidez e feto acima do peso ou com excesso de líquido amniótico. No bebé, o diabetes gestacional pode provocar excesso de peso e queda nos níveis de glicose após o parto. Nas mães, pode ocorrer aumento de pressão arterial e risco de 17% a 65% maior de desenvolver diabetes. Em 10 anos após o parto, por isso a necessidade de continuar mantendo uma vida saudável.

 

 

Mães Diabéticas

ESTRESSE SOB CONTROLE: E inevitável que a futura mamãe fique emocionalmente abalada durante os messes de gestação. Em parte devido as alterações hormonais, mas também porque o próprio fato estar gerando uma vida mexe muito. Com as emoções, principalmente se for uma mãe de primeiro viagem. Assim, ter a acompanhamento de um psicólogo pode ser de grande ajuda para controla a ansiedade, estresse. E afins, já que o estado emocional interfere no controle do diabetes.

 

 

Mães Diabéticas

CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO: Além dos cuidados básico durante a gestação como consumir alimentos fonte de ácido fólico para garantir a boa formação. Do feto, a mamãe que é diabética ou tem diabetes gestacional deve estar atenta a alimentação como um todo. A dieta permite um controle glicêmico adequado em 50% a 80% das pacientes. Caso a glicemia continue elevada, é indicado o uso de insulina, já que as medicações orais ainda não estão liberadas. Para gestantes. Alimentos fontes de fibras vitaminas e minerais, como frutas, verduras legumes, além de carboidratos. Complexos e proteínas de carnes magras, precisam fazer parte do cardápio diário da gestante. Sem esquecer o consumo abundante de água, o aumento na quantidade de comida ingerida não pode refletir. Em ganho excessivo de peso.

 

 

DICA

Mantenha o seu ganho de peso. Gestacional dentro de limites saudáveis. O ideal é procurar um especialista em nutrição para que ele elabore um plano alimentar individual, de acordo. Com as necessidades nutricionais.

Novo E-book Cardápio Do Diabéticos 7 Dias De Cardápio Saboroso Um Para Cada Dia Da Semana ↓

Emerson Fittpaldi

Olá eu me chamo Emerson sou criador do blog. Diabetes Mellitus e Alimentos. E criei esse Blog pra fala sobre. Tipos de Diabetes, Sintomas, Tratamentos, Complicações, é Alimentos que previne a doença.

Website: https://www.diabetesmellitusealimentos.com.br/

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *