Pé Diabético Consequências

Pé Diabético Consequências
Avalie esta postagem

Pé Diabético Consequências do Distúrbio. Das consequências do distúrbio, esse pode ser considerado um dos mais graves. Um diabetes mal controlado por anos pode acarretar em várias consequências a saúde. Uma delas, inclusive, é o pé diabético, que nada mais é do que quando um ferimento ou uma área infeccionada.

 
Nos pés torna grandes proporções, desenvolvendo uma ferida, o pé diabético é uma associação. De falta de circulação, por agressão as artérias das pernas e pela neuropatia, principalmente, levado a deformidade. Dos pés ulceras e falta sensibilidade nos mesmos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), calcula-se que metade dos pacientes. Acima dos 60 anos apresente o pé diabético.
A seguir saiba quais são as causas e como evitar o problema.

 

 

Pé Diabético Quando o Problema Começa

Nem todos os diabéticos desenvolverão o pé diabético. Para que isso aconteça, é preciso que a doença esteja controlada por anos, essas alterações nos pés geralmente. São causadas pela neuropatia consiste nos danos causados aos nervos do corpo e, caso não tratado, o problema. Pode levar a amputação do membro. A lesão dos nervos por causa do nível elevado de glicose tende a causar insensibilidade nos pés e, assim o diabético. Pode não sentir algum ferimento e deixa que se agrave sem trata-lo.

 

 

Pé Diabético Prevenção Sempre

A melhor forma de evitar o pé diabético. É atacar a origem do problema, ou seja, manter uma glicemia controlada. A prevenção é manter o diabetes sob controle e dar atenção especial aos pés sempre os inspecionando. Em busca de lesões de pele ou unhas que possam se agravar, também é fundamental procurar um médico sempre. Que sejam identificadas, por menor que sejam, para iniciar o tratamento o mais precocemente possível. Outros cuidados também podem ser adicionados ao dia a dia. Observe os pés diariamente a procura de feridas, bolhas ou rachaduras, quando fizer higiene dos pés, é preciso secar bem.
Um ambiente úmido favorecer a proliferação de fungos que podem causar mau cheiro.

 

 

Dicas de Prevenção dos Pés

. Quando fizer a higiene dos pés.
E preciso secar bem, um ambiente úmido favorece a proliferação de fungos que podem causar mau cheiro.
. As unhas devem ser aparadas semanalmente com uma lixa em linha reta, evitando cortá-lo.
Evite remover calos, para isso, procure um podólogo.
. Use calçados confortáveis, para evitar possíveis machucados.
. Evite sapatos com bicos finos.
. Use meias de algodão sem costura.
. Não use bolsas de água quente nos pés e evite coloca-los de melhor na água.
. Verifique se não há algum corpo estranho nas meias e calçados antes de utilizá-los.
. Consulte um cirurgião vascular regulamente.

 

 

Pé Diabético Tratamento

Caso e ao problema esteja instalado. A primeira atitude a se tomar é procurar por um angiologista ou um cirurgião vascular. Esses especialistas saberão lidar com o seu problema. Basicamente, para auxiliar na cicatrização de úlcera nos pés, em primeiro lugar, é preciso controlar. Os níveis de açúcar no sangue por meio de medicamentos orais ou insulina. Para melhorar a circulação, o médico poderá prescrever remédios específicos, em casos mais graves. O especialista poderá solicitar uma intervenção cirúrgica.

 

 

Sintomas dos Pés Diabéticos

Quando um ou mais sinais forem. Identificados nos membros inferiores, consulte um médico.
. Queima
. Dormência
. Câimbras
. Atrofia da musculatura
. Deformidades
. Ressecamentos da pele
. Perda gradual de sensibilidade nos pés.

Novo E-book Cardápio Do Diabéticos 7 Dias De Cardápio Saboroso Um Para Cada Dia Da Semana ↓

Emerson Fittpaldi

Olá eu me chamo Emerson sou criador do blog. Diabetes Mellitus e Alimentos. E criei esse Blog pra fala sobre. Tipos de Diabetes, Sintomas, Tratamentos, Complicações, é Alimentos que previne a doença.

Website: https://www.diabetesmellitusealimentos.com.br/

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *